ABEL NEVES

Supernova (2000)

encenação de Fernando Mora Ramos

2000 (ESTREIA ABSOLUTA)

 

 

 

 

ANA LUÍSA AMARAL

A História da Aranha Leopoldina (2009)

encenação de João Cardoso

2009 (ESTREIA ABSOLUTA)

 

 

O Olhar Diagonal das Coisas

a partir da poesia de Ana Luísa Amaral

encenação de Nuno Carinhas

apoio dramatúrgico de Rosa Martelo

2008 (ESTREIA ABSOLUTA)

 

 

 

 

 

ANTON TCHÉKOV

Dyadya Vanya (1899)

O Tio Vânia

tradução de António Pescada

encenação de Nuno Carinhas

2005 

 

 

 

 

BRIAN FRIEL

Performances (2003)

Cartas Íntimas 

tradução e encenação de Paulo Eduardo Carvalho

2009 (ESTREIA EM PORTUGAL)  

 

 

Faith Healer (1979)

O Fantástico Francis Hardy, Curandeiro

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação de Nuno Carinhas

2000 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

CARLO GOZZI

Turandot (1762)

tradução de Maria Bochicchio

versão cénica de Constança Carvalho Homem

encenação de João Cardoso

2015 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

 

CARYL CHURCHILL

A Number (2002)

Um Número

tradução de Paulo Eduardo Carvalho,

encenação de João Pedro Vaz,

2005 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

Far Away (2000)

Distante

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação de João Cardoso

2002 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

CECILIA PARKERT

Witness  (2002)

Testemunha

tradução de Ana Dinis

encenação de João Cardoso

2004 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

CONOR MCPHERSON

Rum and Vodka (1992)

Rum e Vodca

tradução de Graça Margarido

direcção de Rosa Quiroga

2002 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

DEA LOHER

Land ohne Wort (2007)

Terra sem palavras

tradução Maria Hermínia Brandão

encenação de João Cardoso

2010 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

FRANCISCO LUÍS PARREIRA

O Dia de Todos os Pescadores (2010)

encenação de João Cardoso

2010 (ESTREIA ABSOLUTA)

 

 

 

 

GERARDJAN RIJNDERS

Mooi (1995)

Belo?

tradução de Maria Clarinda Moreira

encenação de João Cardoso

1999 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

HAROLD PINTER

Landscape (1968)

Family Voices (1980)

Vozes Familiares

tradução  de Jorge Silva Melo e Constança Carvalho Homem

encenação de João Cardoso

2007  (Family Voices - ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

Ashes to Ashes (1996)

Cinza às Cinzas

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação e interpretação de João Cardoso e Rosa Quiroga

2002 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

HOWARD BARKER

The Dying of Today (2008)

Morte do Dia de Hoje

tradução de Constança Carvalho Homem

encenação de João Cardoso

2010 (ESTREIA EM PORTUGAL)

Lot and his God, 2012

Lot e o Deus dele

tradução de Constança Carvalho Homem

encenação de Constança Carvalho Homem e João Cardoso

2016 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

JENNIFER JOHNSTON

Mustn’t Forget High Noon e O Ananias, Azarias and Miseal (1989)

Billy e Christine

tradução de Teresa Casal

encenação de João Cardoso e Rosa Quiroga

2004 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

 

JOÃO TUNA

Dorme Devagar (2001)

encenação de Nicolau Pais

2001 (ESTREIA ABSOLUTA)

 

 

 

 

LUIGI LUNARI

Tre sull’altalena (1990)

Três num Baloiço

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação de João Cardoso

2001 e 2013

 

 

 

 

 

MARGUERITE DURAS

Agatha (1981)

Agatha 

tradução de Alexandra Moreira da Silva

encenação de Rosa Quiroga

2012

 

 

 

 

MARIE JONES

A Night in November (1994)

Uma noite em Novembro

tradução de Graça Margarido

direcção de João Pedro Vaz

2003 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

Stones In His Pockets (1996)

Com os bolsos cheios de pedras

tradução de Maria Hermínia Brandão

direcção de João Cardoso 

2013

 

 

Fly Me To The Moon (2012)

Fly Me To The Moon

tradução de Maria Hermínia Brandão

encenação de João cardoso

2014 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

MARIE LABERGE

Le faucon (1991)

O Falcão

tradução de Paulo Eduardo Carvalho e Pedro Feijó Cunha

encenação de João Cardoso

1998 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

 

MARIUS VON MAYENBURG

Der Hässliche (2007)

O Feio

tradução de Maria Hermínia Brandão

encenação de João Cardoso

2014 - 2009 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

 

 

MARTIN CRIMP

Whole Blue Sky (2005)

Face to the Wal  (2002)

Advice to Iraqi Women (2003)

Fewer Emergencies (2002)

Céu Completamente Azul

Contra a Parede

Conselhos para as Mulheres do Iraque

Menos Emergências

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação de João Cardoso

2007 e 2005 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

Attempts on Her Life (1997)

(A)tentados

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação de João Pedro Vaz

2003 e 2000 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

The Country (2000)

No Campo

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação de  João Cardoso

2003 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

Play with Repeats (1989)

Peça com Repetições

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação de António Durães

1999 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

 

MARIVAUX

Le triomphe de l’amour (1732)

O Triunfo do Amor

tradução de Maria João Brilhante

encenação de João Pedro Vaz

2002

 

 

 

 

 

MARK O’ROWE

Crestfall (2003)

Ossário  

tradução de Francisco Luís Parreira

encenação de João Cardoso

2011 e 2005 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

Terminus (2007)

Terminus

tradução de Francisco Luís Parreira

encenação de João Cardoso

2008 (ESTREIA EM PORTUGAL)

Howie the Rookie (1999)

Sarna

tradução de Francisco Luís Parreira

encenação de João Cardoso

2016 - 2017

 

Made in China (2001)

tradução de Francisco Luís Parreira

encenação de Pedro Frias

2017

 

 

 

 

MARK RAVENHILL

Product (2005)

Produto

tradução de Constança Carvalho Homem

encenação de João Cardoso e Rosa Quiroga

2008 - 2007 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

The Cut (2006)

O Corte

tradução de Constança Carvalho Homem,

encenação de João Cardoso

2007 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

 

 

RUBEN A.

Ah! Ruben

a partir de História Bilingue, extraída de As Páginas (1956)

direcção de  António Durães

2003 (ESTREIA ABSOLUTA)

 

 

 

 

 

 

RUY BELO

Quem te porá como fruto nas árvores...

a partir da poesia de Ruy Belo

dramaturgia de Constança Carvalho Homem

encenação de João Cardoso

2012 (ESTREIA ABSOLUTA)

 

 

 

SAMUEL BECKETT

Come and Go (1967)

A Piece of Monologue (1980)

Rockaby (1981)

Not I (1973)

Todos os que Falam:

Ir e Vir 

Um Fragmento de Monólogo 

Baloiço 

Não Eu

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação de Nuno Carinhas

2006

 

 

Ohio Impromptu (1981)

Footfalls (1976)

That Time (1976)

[Sobressaltos]:

Improviso de Ohio

Passos

Aquela Vez 

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação de João Cardoso

2006

 

 

 

 

 

TOM MURPHY

The Gigli Concert (1983)

O Concerto de Gigli

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação de Nuno Carinhas

2008 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

 

WALLACE SHAWN

Aunt Dan and Lemon (1985)

Tia Dan e Limão

tradução de Paulo Eduardo Carvalho

encenação de Nuno Carinhas

2001 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

 

RAFAEL SPREGELBURD

Lucido (2006)

Lúcido

tradução de Constança Carvalho Homem

encenação de João Cardoso

2015 (ESTREIA EM PORTUGAL)

 

 

 

 

W.B. YEATS

The Land of Heart's Desire (1894)

Terra do desejo

tradução de Constança Carvalho Homem

encenação de João Pedro Vaz

2013

 

  • Facebook Social Icon

                 membro da                                                                     estrutura financiada por                                                                                                                                           apoio